80 anos de FHC

Publicado: 23/06/2011 em - Nós 4 -, Leandro Vabo, Política

E aí leitores? Tudo bem?

Apresentação feita, sou o “+1” do grupo e espero que vocês gostem das coisas que postarei por aqui. Então vamos ao texto de hoje, né? É só clicar;)

Digam o que disserem e há muito a ser dito contra ele, FHC tem razões de sobra para comemorar. Não só porque presidiu o país por duas vezes, criando assim a reeleição, mas porque, ao fazê-lo, deixou sua marca na história.

Sob seu comando, o Brasil eliminou a inflação. Após o plano Real, o país adquiriu condições de ocupar lugar de destaque entre as economias emergentes. E tudo foi feito em meio à ampliação do regime democrático.

Sua importância é tamanha que seus sucessores, Lula e Dilma, apesar de se oporem a ele, deram segmento ao fundamental de sua obra: a estabilidade econômica. Antes da “Carta ao Povo Brasileiro”, Lula era visto com desconfiança e medo. Sua eleição e reeleição só se tornou possível porque ele se comprometeu a seguir as políticas que FHC criou.

No poder, claro, que Lula e seu partido se esforçaram para diminuir a importância daquele que sucederam. Mas ambos sabem da importância de FHC, o que foi reconhecido recentemente, não sei com que intenção, por Dilma em carta ao ex-presidente tucano.

Para falar a verdade, se colocarmos na balança, no fim das contas, até mesmo em seus erros e deficiências, FHC e Lula são mais parecidos que diferentes. FATO.

De resto, Fernando Henrique Cardoso merece ser comemorado, no mínimo, por ter chegado aos 80 sem ser um velhote esclerosado. Com essa idade, ainda tem vigor intelectual e disposição para assumir uma causa controversa, como a da discriminalização da maconha.

Por tudo isso, Parabéns FHC!!!!

 

Por hoje fico por aqui.

 

Tchau + Fui = Tchui

Anúncios

Os comentários estão desativados.