Confusão na terra do Pré – Sal

Publicado: 04/09/2009 em Críticas, Economia, Reflexão, Thiago Ornelas

pre sal

Por Thiago Ornelas

O assunto aqui hoje é Economia. Ok, ok, nunca fui muito bom com os números, mas diante da disputa que estamos acompanhando nos últimos dias, a disputa pelos Hoyalties nacionais, resolvi estudar um pouco, ler e trazer um pouco de informação, se a parte irônica e comica permitir.

A Petrobrás, como todos sabem, é uma grande exploradora de Petróleo, e é nela que o Brasil embarca todos os anos faturando milhões para as contas da União. Os valores repassados a União, Estados e Municipios são passados em forma de ROYALTIES – forma de compensar o uso de um recurso natural que é caro, escasso e não-renovável. A atual forma de compensação do poder público está em vigor desde 1998, e rege que os royalties devem ser calculados de acordo com a dificuldade enfrentada pela empresa que explora determinada área, variando entre 5% e 10%. Além dos royalties, existe também uma compensação chamada “participação especial”, paga em áreas com alto potencial de produção e rentabilidade.

E após a descobertas de camadas ultraprofundas(entre 5 mil a 7 mil metros abaixo dopresaaal nível do mar),  Pré- Sal, o que renderia  ao país lucros jamais observados, tendo em vista o alto preço pago pela exploração e elevado nível de dificuldade, o Presidente Lula resolveu se declarar em desacordo com a divisão e pede reformulação nas regras do jogo. Segundo ele o objetivo é tirar um pouco dos beneficios direcionados para Petrolíferas e reverte-los a sociedade. Neste novo modelo  o óleo extraído é dividido entre a empresa privada e a União, ampliando o controle do Governo Federal sobre as reservas de petróleo na camada pré-sal, o que gerou revolta nos líderes/governadores dos Estados do Rio da Janeiro, São Paulo, Espirito Santo que exigiram recuo em relação à partilha dos recursos e o projeto não deve mexer no regime de participação especial – uma das formas de recompensar os Estados produtores.

É, parece que as intenções do Lula não foram tão pensadas quanto deveriam. Isso porque, segundo o consultor e ex-diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP) David Zylbersztajn(Sim,esse é o nome dele), o ambiente de incerteza e desconfiança causado pela indefinição das regras paralisa negócios no setor e atrasa a obtenção de vantagens trazidas pelas reservas. Por isso talvez o Presidente tenha pedido carater emergencial na aceitação do novo plano, o que mais uma vez causou movimentação na Câmara, até porque soa estranho saber que a comissão de avaliação do plano-  a quem compete fazer em 45 dias uma análise dos prós e contrar dessa nova fórma –  é pura e exclusivamente formada por integrantes dos partidos aliados ao GF. É, parece que a ordem anda passando longe dos nossos líderes e as soluções caminhando no sentido contrário, cada um lutando pelos seus interesses pessoais, e só quem sai perdendo com isso é o Brasil, principalmente a sociedade, que assiste a tudo isso sem entender nada.

Os Estados chaves na produção do Óleo exigem seus direitos e causam, mais uma vez, confusão, desta vez com divisão por região. O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, insistiu nesta quarta-feira (2), após cerimônia no Palácio do Itamaraty, que não aceita reduzir as receitas do estado com royalties por conta do novo marco regulatório do pré-sal. Segundo ele, o Governo Federal deve repartir os recursos que chegarão aos cofres da União e não com os recursos previstos para os Estados. O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, criticou a posição do colega carioca e questionou se os brasileiros que vivem no Rio de Janeiro são melhores que os que vivem em Pernambuco. Neste assunto estou tentando manter minhas opiniões fora das linhas, mas tem momentos que fica dificil, neste caso por exemplo, não parece briguinha de criança?Onde o emocionalismo é colocado em campo e passa-se a pensar em Coitadinhos. É, mas então é briga de criança crescida. E gente grande por gente grande, parece que os Estados Nordetinos estão querendo unir forças e apresentar o projeto da divisão “ideal”.

Agora é esperar e ver o que o instinto materno do Presidente Lula e sua corja vão decidir. Instinto Materno atribuido por ele mesmo, que garante que não deixará nenhum dos seus “filhinhos” passarem por necessidades. É, assim como eu já vinha pensando a um tempo, vejo que os laços familias e os papeis de cada membro dela andam distorcidos. Mas será que essa subta ânsia de Justiça  é fidedigna ou é apenas estratégia de política da boa vizinhança para conseguir um bom relacionamento com todos os seus “filhos”, e por conseguinte ser privilegiado em algum Projeto Futuro, como  o de apoio a candidatura de sua comparsa, Dilma?

 

Se alegam que a vida é movida por perguntas e não por respostas, no Brasil temos bons motivos para seguir firmes por mais longos anos, afinal, aqui  duvidas são geradas e as soluções desprezadas, mesmo quando o grande problema é a geração de capital e avanços.

Anúncios
comentários
  1. Não entendi nada.

    • Nós4 disse:

      Já ouviu falar camada do Pré Sal?Exploração de´Petróleo?Petrobrás?é sobre isso…Assunto atual.

  2. Eba, um post novinho =D

    É impressionante como o governo consegue complicar as coisas, tá tudo lá, eles ainda tão tentando escavar e o povo já tá se matando pra ver quem vai pegar mais dinheiro. Só no Brasil mesmo viu, se realmente vivemos de perguntas (como dito no post) o Brasil tem pelo menos mais 500 anos de vida!

    • Nós4 disse:

      Claro companheiro…Sempre, sempre.
      Obs: a questão de ” a vida ser movida por perguntas” é de um comercial de Tv, que não me lembro ao certo qual, mas é. Concordo

  3. Infelizmente o mundo é capitalista, ninguém consegue viver bem sem dinheiro, isso é um fato.
    Mas o Brasil vai se beneficiar muito com os bilhões de barris de petróleo, e melhorar bastante a disponibilidade de energia.

    abraços

    • Nós4 disse:

      A questão aí não é quanto ao fato de se beneficiar ou não, isso porque se o Brasil sair no prejuizo dessa é sinal de mais burrice do que eu consigo imaginar. A questão em pauta aqui é a capacidade brasileria de criar problema mesmo quando é com a solução…Cada um começa a pensar no seu próprio favor e dá nisso.
      Haja teta “Pré- Mensalina” para todo mundo mamar.

      • Nós4 disse:

        Quando digo Pré-MENsalina é fazendo um trocadilho com nosso “brilhante” Presidente.
        Mensalão, alguém lembra?

  4. Rosane disse:

    Que esse petróleto vai ser MUITO importante pro Brasil é fato, mas não sei o modelo que querem adotar é, realmente, o melhor. Mas concordo que a decisão sobre o pré-sal não precisa ter caráter emergencial, já que a utilização dessas camadas só vai ser possível em 2015. Muito interessante seu post.

    Obrigada pela visita.

    • Nós4 disse:

      É, acho que é a vontade de ter lucros, ou como eu disse no texto, de tirar privilégios para Planos Futuros próximos.

  5. Sapo disse:

    O Brasil naum divulga muito a quantidade de petroleo no Pré-Sal, pq se eles divulgarem o EUA vai cair matando encima… Isso eh a teoria do meu Prof… de Geografia…

    • Nós4 disse:

      uhahua, Talvez o Brasil nem saiba a quantidade exata da produção, coisas de Brasil, sabe?

      EUA?Malditos.

      Seja bem vindo

  6. thijose disse:

    Pooowww…
    muito bom ak…
    fikem com DEUS
    primeira…vez…volto logo..fui

  7. Rodrigo disse:

    E embaixo da camada pré-sal vem o que? O FLuminense?sauhsauh

  8. as coisas no Brasil nunca são feitas para facilitar diretamente o povo…sempre tem os interesses dos políticos antes de tudo

  9. Tiago Dadazio disse:

    BOM…EU LI A IDÉIA DE COMO VAO FAZER ISSO OUTRO DIA NO JORNAL DA NOITE DA REDE GLOBO E ACHEI INTERESSANTE…E VALE A PENA PELA QUANTIA DE PETROLEO…TODOS SABEM QUE É UMA DAS MAIORES RESERVAS DO MUNDO ALI…

  10. 7cismo disse:

    É amigo….
    Confusão agora, mais pra frente, isso vai virar um “elefante branco”.

    Abraços
    7cismo (Felipe Payão)

    • Nós4 disse:

      Não,não…Não me entenda mal, eu não sou contra a exploração do Pré-sal, aliás, jamais serei. O que eu questiono é o uso do pre-sal em causas pessoais, e com isso ele se torna um problema….Logo,o que seria solução vira transtorno.

  11. Curious.Net disse:

    O Pré Sal é do governo, já era. Isso vai servir como plataforma eleitoral nas próximas eleições pode anotar.

    Gostaria de ter o link do Curioso no blogroll do Nós4, que pensas sobre isso?
    estou no
    msn= dapaty2006@hotmail.com
    no Curioso= http://www.curiosonet.com
    no Twitter= @CuriousNet

  12. Questão delicada, talvez tenha-se que desburocratizar e cada vez mais incentivar ações de progresso da nossa pátria amada e também adoro a Petrobrás, inovação em todos os sentidos!

    EMPREENDEDORISMO É TUDO!

    LIVRE SERVIÇOS:

    http://livreservicos.blogspot.com/