Deixa a vida me levar?

Publicado: 31/08/2009 em Reflexão

PC270016

Por Yohan

Ao contrário do primeiro post, já começo deixando bem claro que esta se trata de uma história real. Por outro lado, como no post, imediatamente anterior, o assunto novamente é futebol.

Bem, mais ou menos…

Roger Rodrigues da Silva, 25 anos, atualmente é jogador do Vitória da Bahia (seus direitos federativos pertencem ao São Paulo) e um dos atacantes que mais fez gols nesse Campeonato Brasileiro. Porém, sua situação não era nem parecida no início deste ano. Ele se encontrava no Fluminsense, aqui do Rio mesmo, mais específicamente, na reserva. Eis que o Fluminense anuncia uma Grande contratação! Não era o Fred ainda, mais sim, Carlos Alberto Parreira, Tetracampeão mundial com a Seleção Brasileira, com uma carreira brilhante, e tricolor assumido… Tal curriculum com certeza o assegurava como uma das maiores contratações do futebol brasileiro, mesmo não se tratanto de um jogador. É, isso tudo acabou não sendo tão bom para nosso amigo Roger… Meses depois da chegada de Parreira, o mesmo o dispensaria do clube, junto com uma série de jogadores subaproveitados que inchavam o elenco do Fluminense. Roger, ainda sem despertar a intenção do São Paulo em aproveitá-lo, fora abordado por seu atual clube, o Vitória (teoricamente um clube com pretensões BEM menores que o Fluminense e que o São Paulo, com relação ao Campeonato Brasileiro). O São Paulo aceitou a proposta de empréstimo pelo jogador, tal como este.

O que não mencionei em minha prévia e breve descrição do jogador, foi que ele é casado e tem uma linda filhinha que nasceu cega, problema, até então, insolúvel.

Certo dia, se dirigindo ao treino em seu novo clube, Roger se deparou com um anúncio de um pai pedindo ajuda por meio de doações, para que pudesse viajar ao Japão e tratar a cegueira de sua filha. Roger se interessou e procurou o autor do anúncio e descobriu que sua filha possuía o mesmo problema que a dele, igualzinho… Os dois Pais tinham, então, a solução para o problema de suas filhas; o pai do anúncio viajaria junto com Roger para o Japão e Roger descobriu que havia uma solução para o caso de sua filha. Hoje, Roger é um dos destaques do Vitória, 12º colocado no Campeonato, Parreira encontra-se desempregado e o Fluminense é o lanterna do Campeonato.

Nós fazemos escolhas na vida, traçamos nosso caminho e somos responsáveis por nossos atos, NADA CAI DO CÉU, mas, às vezes, quase sempre, a vida nos leva por caminhos que ela bem entende e por algum motivo, mesmo que a gente não perceba (ao contrário do citado exemplo). Destino, coincidência, NADA… Cada um acha uma coisa, o inegável é que é, no mínimo, interessante parar e pensar em como e onde a vida nos levou e como e onde está levando, e avaliar as melhores formas de se aproveitar essa correnteza.

Anúncios
comentários
  1. sabe. o futebolbrasileiro nos dias de hoje é uma incógnita, eu mesmo não sei o que acontece com os clubes, os jogadorespassam ficam lá um, doismeses e se destacam, já saem pra europa. não tem mais amor à camisa, jogadores esquecem as veses até de jogar futebol, pensam apenas em sair pra fora do país,
    por isso muitos deles não conseguem se firmar nos clubes, hoje, não tem grandes ídolos nos clubes, o meu clube mesmo não tem nenhum jogador de referencia,
    o fluminense vai de mal a pior, o botafogo mesma coisa, e eu sou bem corajoso ao afirmar, não existe foco dos jogadores em ganhar campeonato brasileiro.
    o foco maior é a europa.
    os jogadores não nem aí com o clube, só querem a grana e a torcida que se dane.

    • Yohan disse:

      É Sérgio… na verdade tem outro post que eu falo um pouco (muito) mais sobre futebol,dá uma olhada depois…
      Não acho que o grande problema dos clubes brasileiros seja a falta de amor por eles pelos jogadores,é a profissão deles,é normal se preocuparem,agora,com a questão financeira,já que muitos nunca viram muito mais que um salário mínimo,nunca tiveram grande conforto na vida…
      Claro que alguns enfiam os pés pelas mãos por serem muito apressados em busca do sucesso,mas na maioria das vezes o próprio clube é o apressado da história,principalmente os mais gananciosos e desorganizados(se você reparar bem,clubes como São Paulo,na minha opinião,o mais estruturado do país,sempre traz um jogador de referência internacional e demora,nem que seja um pouco mais,a vender suas revelações).Isso sem falar nos empresários,que exercem basTante pressão nessas negociações …

  2. diegofrutuoso disse:

    Realmente uma bela história. eu ia dizer pra você dar uma passada lá no avacalouca, mas já vi no outro tópico do orkut que você já passou por lá! Valeu.

  3. Super interessante a proposta desenvolvida pelo blog, apesar de ser cruzeirense da gema, reconheço um talento surpreendente como o do jogador do Vitória. Roger fez a diferença e o time tem grande mérito em não ter desistido nos minutos finais da partida.
    O negócio é torcer pela melhora do time azul e parabenizar quem tem talento, pois o Brasil anda mal das pernas quando o quesito é “craques” de verdade.

  4. Yohan disse:

    Muito obrigado.
    Realmente,todos os méritos para o Vitória ontem…e que Golaço do Roger heim!
    detalhe:postei essa história dele sem saber quanto tinha sido o jogo,até mudei o post original.Quando esboçei escrevê-lo Roger era um dos vice-artilheiros,porém já não era mais ontem,isso,claro,ates do jogo…agora o cara é um dos Artilheiros…rs

  5. RomMa disse:

    Blog maneiro. Estão favoritados! (Y)

  6. Carol disse:

    Que legal! e quanta criatividade! parabéns 🙂

    • Yohan disse:

      Muito Obrigado!
      É certo que usei da minha criatividade para escrever esse post,mas como eu disse,essa é uma história real,tem outro em que eu fui beemm mais criativo…dá uma olhada lá!rs

  7. Belo texto, parabéns pelo blog e muito sucesso ai.
    Apesar de ser Palmeirense né, mas, husauhsaas
    foi um golaço msm do Roger.
    abrass

  8. Arthur disse:

    bom blog!
    o roger já passou por muitos times,

  9. Equipe sx disse:

    bom blog man continue assim abraços
    retribui a visitinha
    http://sxgamex.blogspot.com/

  10. fomedorato disse:

    Como Vascaíno, espero vcs aqui embaixo!

    • nos4 disse:

      ih rapaz.kk
      No blog temos torcedores diversos.
      Eu sou flamenguista de corpo e alma…
      Mas tem o Felipe, Vascaino, insano.

      ThiagOrnelas

    • Yohan disse:

      eu ia falar que espero você aqui em cima…
      mas como você quer esperar o Botafogo e o Fluminense aí em baixo…a vontade!rs

  11. claudinho disse:

    bela a historia de roger p jogador de futebol vive assim de altos de baixos ele ta no seu mellhor momento

  12. RomMa disse:

    Esperando a postagem sobre a segunda-feira 🙂

    • nos4 disse:

      Bom, meu camarada…
      O texto está prontinho, mas o post não. Tenho que avaliar a imagem e fazer alterações- SEMPRE TEM.
      E “infelizmente” não vivo de blog, AINDA, então vem chegando mais um dia de luta e ralação, logo, o trabalho me espera, mas antes dele o sono precisa ser zerado.
      Portanto, fica para amanha, mas tenhas certeza, em nada perderá por ser um texto de segunda, mesmo que postado na terça.

      Abraços

      Boa Noite

      ThiagOrnelas

  13. Diego Janjão disse:

    Vida de jogador é assim mesmo!

    e pelo que sei, até onde sei, casa de jogador de hoje em dia é aquela que paga mais!

  14. mikesuperwords disse:

    É, eu sempre costumo deixar a vida me levar,
    mas é duro as vezes poder ver q rumo
    ela esta tomando e perceber que não é
    o caminho por onde queriamos passar..
    mas a vida é assim… planos com
    grandes pitadas de imprevistos!

    • nos4 disse:

      Porque não fazemos dos imprevistos grandes planos?

      • Nayla disse:

        Gostei muito do otimismo e salto inteligente prá viver a vida. Grande sacada de um jovem. Vc vai longe, garoto.

    • Yohan disse:

      Exatamente…aliás,a idéia da canoa na foto é exatamente essa…
      tentar guiar nossa vida da melhor forma por esse rio que nos leva…

  15. mikesuperwords disse:

    Opaaa.. jah comentei aqui, mas estou vindo
    ressaltar o quanto admiro os posts
    desse blog! =D

    Mtos sucessos ae pra vcs!

  16. Leonardo disse:

    Gostei muito, tirando a discursao sobre o Roger ser um bom jogador ou não venho parabenizar pela ideia principal do texto que é como a vida nos traz coisas boas mesmo qd td parece estar indo pro caminho errado..

    Deixo aki uma reflexao:

    Nem sempre chegar ao fundo do poço é algo ruim, de lá se pode pegar ainda mais impulso e subir ainda mais alto.

    Parabéns Yohan !

  17. Fábio Zen disse:

    Carlos Alberto Parreiro assim como Leão e muitos que pululam de time em time deixando sempre o legado de altas multas rescisórias são alguns fatores que empobrecem o futebol brasileiro,além de pouco saberem avaliar,como nbo caso do Roger

  18. eu já tinha passado por aqui, mas fica o registro da minha visita.

  19. Interessante este post!

    • Nós4 disse:

      Sempre que der e quiser apareça, teremos sempre coisas desse tipo…

      • Yohan disse:

        Sempre terremos msm…aliás,esse foi o post que eu menos gostei,de minha autoria…rs
        NÃO que tenha ficado ruim…mas prefiro os outros…

  20. Super Sapo disse:

    Show… Belo Post Yohan…